Relatos do Massacre do deserto distrito Muidumbe


Por Estácio Valoi e Nazira Suleimane


12 crianças que estavam nos ritos de iniciação no distrito de Muidumbe foram raptadas pelos terroristas que estão naquele distrito desde o dia 31 de Outubro de 2020. Ainda não se sabe ao certo o que terá acontecido com estas crianças, pois alguns dos adultos que zelavam por elas foram mortos.

Segundo fontes ouvidas pelo Moz24h, das 12 crianças capturadas, algumas das crianças conseguiram fugir das mãos dos terroristas, mas horas depois foram encontradas mortas para que servisse de exemplo para as outras caso elas tentassem fugir. “Estávamos nas matas realizando os ritos de iniciação, quando tudo isto começou no dia 31 de Outubro, achamos melhor nos esconder, mesmo assim fomos surpreendidos, não tive escolha se não fugir, acredito que escapamos só nós 2, porque os outros juntamente as crianças foram capturados naquele instante. “Disse a fonte.

“De seguida, algumas pessoas disseram-me que ouviram dizer que uma das crianças havia conseguido fugir, mas capturada horas depois, e levada ate onde estavam outras crianças e a mataram a sangue frio na frente das outras. Os terroristas vêm gritando para nós dizendo que não querem ninguém em Muidumbe disseram que querem fazer uma base deles la em Muidumbe numa das aldeias.” Acrescentou a fonte.

Alguns membros, familiares das crianças, acreditam que estejam todas elas já mortas uma vez que neste ataque os terroristas não estão a deixar nenhuma pessoa viva.

Diferentemente com o ataque de Abril onde os terroristas simplesmente destruíram residências, mercados, e infra-estruturas do governo. Salientar que neste ataque os terroristas garantem estar em Muidumbe durante pelo menos 20 dias contando a partir de 31 de Outubro.

O distrito de Muidumbe está neste momento às moscas, e sem nenhuma força militar para combater os terroristas. Isto faz com que os terroristas continuem a atacar e a fazer vasculha nas matas a procura de pessoas que estão escondidas.

Ainda segundo outras fontes que tiveram que abandonar o distrito de Muidumbe na manha de ontem via distrito de Mueda até ao Distrito de Montepuez mais a sul, o incidente da decapitação dos cerca de 20 adolescentes que estavam na cerimónia do rito de iniciação masculino deu-se na Escola Secundaria de Luanda, no bairro do mesmo nome a sensivelmente três quatro quilómetros da sede do distrito de Muidumbe.

“Aquilo foi de tarde quando os jovens estavam no rito de iniciação, foram de capitados ali na Escola Secundaria de Luanda. São na maioria adolescentes com idades compreendidas entre os 8, 15 anos. Outros conseguiram fugir. Também há alunos da Escola que desaparecerem, não se sabe onde estão. “Disseram outras fontes

Os Terroristas ainda impossibilitam a travessia da única via alternativa de ligação entre Sul e Norte de Cabo Delgado através do distrito de Montepuez, Nangade, Pundanhar e Palma, assim como com a ligação ao distrito de Mueda, depois da tomada do distrito de Mocímboa da Praia. via Awasse - Mocímboa da Praia nada e ninguém passa por aquela via. Uma sequência protagonizados pelo grupo terrorista ‘ Alshabaab” sobre a vila de Mocímboa da praia culminaram com a tomada total desta

Desde 05 de Outubro de 2017, faz quase três anos, que causou ate aqui mais de 2,500 mortes contabilizadas e outras não,entre civis e militares, cerca de 420 .000 deslocados e destruição de várias (Moz24h)

359 views0 comments

Subscribe our newsletter

  • facebook

Ficha técnica

Director Editorial: Luís Nhachote (+258 84 4703860)

Editor: Estacios Valoi 

Redaçao: Germano de Sousa, Palmira Zunguze e Nazira Suleimane

Publicidade: Jordão José Cossa (84 53 63 773) email jordaocossa63@gmail.com

 

NUIT: 100045624

Nr. 149 GABIFO/DEPC/2017/ MAPUTO,18 de Outubro  

Endereço Av. Cardeal Don Alexandre dos Santos 56 (em Obras)

© By BEEI